logo fm91 logo 1500am whats-radio9

População do Brasil atingirá máximo de 228,4 milhões em 2042, diz IBGE

populacaoibge

A população brasileira vai alcançar seu ponto máximo de crescimento em 2042, quando chegará a 228,4 milhões de habitantes, e a partir de então vai começar a diminuir. É o que demonstra um estudo divulgado nesta quinta-feira 29 de agosto pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre a estimativa da população do país. Além disso, a queda da taxa de natalidade e o aumento da expectativa de vida vai triplicar o índice de idosos no país, fazendo com que em 2060 o Brasil tenha dois habitantes com mais de 65 anos para cada criança.

De acordo com o estudo, as mulheres brasileiras terão cada vez menos filhos, e serão mães pela primeira vez cada vez mais velhas. Em 2013, a média é que cada mulher tem 1,77 filho, tendo sido projetado para 1,61 filho em média por mulher em 2020 até atingir 1,5 filho em média por mulher em 2030.

A média de idade das "mães de primeira viagem" atualmente é de 26,9 anos. Segundo o IBGE, este índice atingirá 28 anos em 2020 e 29,3 anos em 2030.

O envelhecimento da população pode ser medido pelo índice de crianças e adolescentes (0 a 14 anos), população produtiva (15 a 64 anos) e idosos (mais de 65 anos), segundo a tabela acima feita com dados fornecidos pelo IBGE. No ano 2000, por exemplo, 30% da população era de crianças e adolescentes. Em 2013, o índice já caiu para 24,1%. A projeção é que em 2060 sejam 13% de pessoas de 0 a 14 anos.

Já o índice de idosos será cinco vezes maior em 2060 em relação ao ano 2000, quando a população tinha 5,6% de pessoas com mais de 65 anos. Atualmente os idosos respondem a 7,4% da população brasileira. Em 2060, eles serão 26,7%. Serão dois idosos para cada criança. O envelhecimento populacional vai afetar diretamente setores como os da saúde pública e previdência privada.

O estudo mostra ainda que a expectativa de vida ao nascer de cada brasileiro vai aumentar. Em 2013, o bebê nasce com expectativa de viver 71,2 anos se for menino e 74,8 anos se for menina. Em 2060, estes valores serão 77,8 para homens e 81 anos para as mulheres, configurando um ganho de 6,6 anos médios de vida para os homens e 6,2 anos para as mulheres.

 

FONTE: G1