logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Expointer gera R$ 3,29 bilhões em negócios, mas números são questionados

expointer

O total de negócios gerados na Expointer 2013, até as 15h deste domingo, soma R$ 3,292 bilhões, dos quais a maior parte — R$ 3,274 bilhões — foi oriunda da venda de máquinas e implementos agrícolas. O valor, que supera em 60% o total negociado no ano passado, foi anunciado em entrevista coletiva na tarde de domingo pelo secretário estadual da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, e pelo presidente do Sindicato da Indústria de Máquinas e Implementos Agrícolas do Rio Grande do Sul (Simers), Claudio Bier.

Durante a coletiva, o resultado causou surpresa porque superou em muito os R$ 2,5 bilhões inicialmente previstos, apesar da chuva intensa que reduziu o número de visitantes e alagou a área de máquinas. Para o vice-presidente da Federação na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag), Carlos Joel da Silva, os dados precisam ser analisados com cuidado para se saber o que são negócios fechados de fato e o que se limita apenas a intenções de compra.

O balanço final da feira também foi questionado pelo presidente da Federação da Agricultura do Estado, Carlos Sperotto.

– Não coloco em dúvida, mas não acredito. Honestamente, não acredito – disse.

Sperotto afirmou estar preocupado com o fato de o governo estadual estar tentando criar um clima de euforia para que os produtores rurais acabem comprando mais máquinas, o que pode criar risco de endividamento excessivo. O presidente da Farsul avalia que o momento é positivo para o agronegócio, mas não tão favorável como o balanço da Expointer faz parecer.

Confira os números do balanço:

Total de negócios - R$ 3,292 bilhões

Máquinas e equipamentos – R$ 3,274 bilhões

Animais – R$ 16, 063 milhões

Agricultura familiar – R$ 1,505 milhão

Artesanato – R$ 980 mil

 

FONTE: ZERO HORA