logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Sexta-feira, 27 de setembro, é o Dia Nacional da Doação de Órgãos

 

orgaos

 

 

Para marcar o Dia Nacional de Doação de Órgãos, comemorado nesta sexta-feira, 27 de setembro, a Associação de Pacientes Renais (APAR) está lançando simultaneamente uma campanha de mídia externa e uma ação junto às indústrias catarinenses. O objetivo, mais do que sensibilizar as pessoas, é conscientizar a sociedade sobre as doenças renais e os cuidados para preveni-las, assim como a importância da doação de órgãos.

O Brasil tem o maior sistema público de transplantes de órgãos do mundo. Santa Catarina ocupa o primeiro lugar no ranking de doadores, registrando 26,4 doadores por milhão de população (p.m.p.), o dobro do índice nacional, que ficou em 12,6 doadores p.m.p. em 2012. Este ano, até o mês de julho, foram registradas em Santa Catarina 92 doações de múltiplos órgãos. Mas mesmo sendo referência no transplante de fígado e de rim, ainda estão em lista de espera 1.215 pacientes, o que justifica o lançamento de novas campanhas, todos os anos.

Criado pela agência Propague e produzido com a parceria da Construtora Koerich, Cassol e Prefeitura Municipal de Florianópolis, o outdoor da campanha traz o alerta: “Pior do que a fila no trânsito é a fila de espera por um transplante”. A exibição, propositalmente, será feita nas rodovias mais movimentadas da Capital, como a SC-401, a Via Expressa e o Largo das Bandeiras, que dá acesso à Beira-Mar Norte. Para a diretoria da APAR, ainda que Santa Catarina se mantenha, historicamente, na liderança nacional do ranking de doadores, este ato de solidariedade e amor ao próximo precisa ser estimulado, pois salva muitas vidas.

Além da mídia outdoor, serão abordados os trabalhadores da indústria. A partir de uma parceria com a SC-Transplantes e com o sistema Fiesc/Sesi/Senai, mais de 200 mil trabalhadores terão acesso ao material informativo da campanha envolvendo a prevenção de doença renal, a promoção da qualidade de vida e a doação de órgãos.

FONTE: SIS SAÚDE