logo fm91 logo 1500am whats-radio9

25 DE SETEMBRO: Dia Nacional do Trânsito

transito

 

Comemora-se no dia 25 de setembro, o Dia Nacional do Trânsito. De acordo com o artigo 1º da lei de trânsito em vigor no Brasil, “Considera-se trânsito a utilização das vias por pessoas, veículos e animais, isolados ou em grupos, conduzidos ou não, para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga”.

No trânsito, existem os órgãos especiais, que são responsáveis pelos diferentes setores, como: secretarias municipais de trânsito; DETRAN, COTRAN, etc., que são responsáveis pela sinalização e pela manutenção das condições de uso das vias públicas.

As sinalizações de trânsito são universais, adotando-se a mesma simbologia em todo o mundo, a fim de auxiliar os motoristas em suas viagens.

Devido ao aumento do número de carros adquiridos pela população, problemas de grande movimentação nas cidades. Por ter uma lei que não punia casos graves de imprudência no trânsito, muitos motoristas adotaram um estilo violento de dirigir, causando sérios problemas,

chegando a causar acidentes graves e mortes.

Com a adoção da nova lei, as normas ficaram mais rígidas, exigindo-se uma postura mais ética do motorista, além de determinar fiscalização rigorosa no veículo – no ato do licenciamento do mesmo.

Outro artigo importante da lei é quanto à aplicação de multas, com o sistema de pontuação na carteira do motorista, em consequência ao número de multas levadas.

Segundo a lei, a educação para o trânsito deve ser adotada nas escolas, desde as séries iniciais, a educação infantil, transcorrendo pelo ensino fundamental, médio e superior, a fim de educar os cidadãos, fazendo-se um trabalho de conscientização dos mesmos.

Fonte: Brasil Escola

Segundo informações do comandante da Brigada Militar de Chapada Alício Korte, no município acontecem diariamente diversas infrações, e a BM dá prioridade às mais graves. Quanto às autuações, as que mais realizam é por falta de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e falta de licenciamento do veículo.

O comandante ressaltou que além dos motoristas, os pedestres também precisam fazer sua parte e fazer valer seus direitos.

 

FONTE: REDAÇÃO ABCNotícias