logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Novo Barreiro decreta situação de emergência

 

nbgeral

 

Chuva, granizo e vento fizeram estragos em boa parte dos municípios da região. Uma das cidades mais atingidas foi Novo Barreiro, onde, segundo o coordenador da Defesa Civil Sérgio Magalhães houve diversos estragos, tanto nas lavouras, como em residências. E em virtude deste sinistro, o município decretou situação de emergência.

Em entrevista à Rádio Simpatia, Sérgio disse que logo na sexta-feira, 4 de outubro, a Defesa Civil de Santo Ângelo, que atende Novo Barreiro, esteve no município fazendo a vistoria para dessa forma, poder auxiliar.

Sérgio falou que na sexta, ao fazer a vistoria, viu que os estragos eram bem maiores do que o cenário visto na quinta-feira, logo após o ocorrido. Segundo informações, as localidades mais atingidas foram Coxilha Rural, Linha Ribeiro, Linha Vargas, Linha Fagundes e Linha Biriva, atingindo cerca de 100 propriedades nessa faixa.

Após a vistoria na sexta, foram constatados os seguintes prejuízos: na cultura do trigo, 100% de perda em cerca de 1.200 hectares; no milho, também perda total em 250 ha; a aveia também foi atingida, cerca de 200 ha, e a erva-mate também sofreu graves danos, aproximadamente 150 ha foi atingida, uma região que é a maior produtora de erva. Sérgio contou que nunca tinha visto algo como o que aconteceu com as árvores de erva-mate. “As árvores estavam totalmente desfolheadas, dando perda total, nunca tinha visto algo assim, foi surpreendente”, disse.

Além dos danos na lavoura, residências e galpões também sofreram as conseqüências do tempo. Houve danos materiais em casas, galpões de maquinário, ervateiras e galpões de suinocultura, entre outros.

Segundo ele, na sexta, ainda era possível visualizar lugares onde havia granizo. Sérgio explicou que já na quinta-feira as equipes da Secretaria de Obras e Assistência Social se reuniram para discutir o que poderia ser feito, e a primeira ação foi levar lonas às pessoas que precisavam, mas não dispunham. Já na sexta-feira foi realizada a recuperação de algumas estradas e desentupidos bueiros, além de ser feito o levantamento dos materiais que serão necessários para recuperar os danos nas residências, sendo que essas despesas a prefeitura municipal irá arcar. Já, o auxílio à agricultura e obras será feito pela Defesa Civil, que criará projetos para ajudar os agricultores que tiveram muitos prejuízos.

 

FONTE: REDAÇÃO ABCNotícias