logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Dilma comemora 2 mi de moradias do Minha Casa Minha Vida e anuncia nova fase

minha casa minha vida

 

A presidenta Dilma Rousseff anunciou que o governo está programando a continuidade do Minha Casa Minha Vida, no que será uma terceira fase do programa habitacional.

“Começamos (o Minha Casa Minha Vida) em um milhão, passamos para 2,7 milhões e agora vamos colocar um outro padrão para ser seguido”, afirmou Dilma, na abertura da 5ª Conferência Nacional das Cidades. “Independentemente do que ocorra em 2014, é uma proposta que todos vocês terão para garantir que ela ocorra, chova ou faça sol”, disse a presidenta.

De acordo com Dilma, o que está em estudo, no momento, é o montante de habitações que deverão ser entregues nessa nova fase do Minha Casa Minha Vida.

“Essa proposta é fundamental para a continuidade do programa, uma vez que a gente sabe que o déficit habitacional do Brasil não foi superado”, reforçou a presidenta. Em seu discurso, Dilma celebrou a contratação de 2 milhões de casas e a construção de 1,4 milhão de moradias pelo programa Minha Casa Minha Vida. Até o fim de 2014, ainda serão contratadas outras 750 mil unidades habitacionais.

“O Estado brasileiro tem obrigação para certa camada da população de contribuir para ela ter acesso à casa própria. Esse é o programa que o governo federal gasta mais com subsídio. Subsidiamos as casas próprias para população mais pobre do país. Essa é a diferença fundamental desse programa, foi feito pra cidadãos com direito pleno e direito ao dinheiro público”, afirmou Dilma.

Durante a solenidade, a presidenta Dilma comemorou os 10 anos da criação do Ministério das Cidades e do Conselho das Cidades, que, segundo ela, acompanhou diversos avanços na qualidade de vida do brasileiro. “Foi nesse período que 36 milhões de pessoas foram tirados da pobreza,15 milhões saíram da escuridão por conta do luz pra todos. Foi quando pagamos o FMI e juntamos grande de reservas. Transformamos a política brasileira, econômica e social em toda política de governo voltada para o crescimento das pessoas nesse país".

 

FONTE: GOVERNO FEDERAL