logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Crítica sobre a imprensa, por Eloy Milton Scheibe

textossite

 

Creio que “nunca na história deste país” a imprensa fez tantas denúncias de abusos ocorridos pelo Brasil como nos últimos tempos. De norte a sul de nossa pátria amada ocorrem desmandos e desvios e, não fosse o trabalho da imprensa jamais a população ficaria sabendo.

Isso até me faz reportar aos tempos da ditadura militar em que a imprensa nada podia e passados mais de 25 anos da queda do último governo da ditadura militar ainda há quem pregue o controle do conteúdo da imprensa.

Perdoem-me os defensores desta ideia absurda e, mal comparando é como andar para trás, colocando uma venda nos olhos do povo, que em sua maioria já é alijado de conhecimento e informações e incapaz de discernir entre a intenção e a realidade de quem propõe censura em pleno século XXI.

Posso até admitir que há certos exageros de parte da imprensa em alguns casos, porém creio que o índice de acerto nestas denúncias é elevado e seguramente fica acima de 80%, senão próximo de 90%. O mensalão já atingiu duramente o PT e agora fala-se muito contra o PSDB, cujas administrações estariam envolvidas em irregularidades e em ambos os casos os acusados afirmam que as acusações não merecem crédito. Não é estranho isso?

Fala-se em “controle social”, “controle de conteúdo” ou “controle de mídia”, travestindo o que pode ser chamado de censura, para as informações sobre falcatruas não chegarem á população. São usadas palavras escolhidas e bem ditas para mascarar o real significado da intensão. Aliás, a arte do sugestionamento não é nova, utilizando roupagem séria, com ares científicos para dar lugar às suas ideias tendenciosas sobre o assunto que pretendem, com sofismas nas entrelinhas.

Porém não podemos esquecer que as redes sociais adquiriram importância extraordinária, em especial nas recentes manifestações ocorridas no país e estas redes sociais fortalecem o trabalho da imprensa, logo, não é tão fácil culpar a imprensa por informar irregularidades e falcatruas, até porque não se faz um grande país sem imprensa livre.

 

Texto publicado no jornal ABCNotícias na edição do dia 06 de setembro de 2013