logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Calorão deforma os moranguinhos

morango1

A previsão de até 40 graus desanima os produtores gaúchos de moranguinho do Vale do Caí. Fruta sensível, o morango gosta de temperatura entre 15 e 20 graus. Acima ou abaixo disso, é problema na certa na polinização, o que ocasiona a deformação da fruta e freia seu crescimento. Por consequência, o produtor perde dinheiro na hora de vender, já que o consumidor está interessado não só no sabor, mas na aparência, e ninguém quer levar morangos retorcidos para casa.

A boa notícia é que o calor mais forte tem pegado a safra ao final da colheita, quando o preço começa a subir, o que ameniza o impacto financeiro. O preço ao produtor hoje varia de R$ 1,66 a R$ 2,50 pela bandeja de 300 gramas. A driblada no clima tem sido possível graças ao maior uso de variedades de dias neutros, de origem espanhola e americana nos últimos dez anos. Hoje, segundo o assistente técnico da Emater Derli Paulo Bonine, 70% da produção vem destas variedades que anulam a influência do comprimento do dia. O técnico acrescenta que a migração de túneis baixos para estufas mais altas que garantem ambiente mais arejado, o chamado cultivo em substrato, também ameniza a depreciação causada pelo calor.

FONTE: CORREIO DO POVO