logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Cancelas do pedágio de Carazinho foram abertas dia 30

abertura cancela pedagio 5 

 

O governador Tarso Genro esteve em Carazinho nesta segunda-feira (30), para o ato pelo fim do polo de pedágio, e também participou da entrega de viaturas para a região.

O chefe do Executivo Estadual chegou ao município às 13h30min para almoço com autoridades, e a partir das 15h, na Praça Albino Hillebrand, entregou uma viatura para a Susepe, que faz parte de um conjunto de 10 veículos destinados à região, e um caminhão para o Corpo de Bombeiros, demanda votada pela Participação Popular e Cidadã.

Na praça de pedágio entre Carazinho e Sarandi, aconteceu o ato de liberação das cancelas, que marcou o fim da cobrança de pedágio no polo administrado pela Concessionária Rodoviária do Planalto (Coviplan).

Compõe o polo de Carazinho quatro praças de cobrança: duas nas BR 285 (entre Passo Fundo e Carazinho, e outra entre Carazinho e Santa Bárbara) e duas na BR 386 (entre Carazinho e Sarandi, e outra próxima de Soledade). Como as praças estão situadas em rodovias federais, serão entregues à administração do Governo Federal, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), que não irá cobrar pedágio.

Na tarde de segunda- feira, 30, estiveram participando deste ato, Eloy Milton Scheibe e Cassiane Dill representando o Grupo Simpatia de Comunicação, onde foram realizadas entrevistas e registro fotográfico desse momento.

Neste ato, Eloy conversou com João Klein (ex-prefeito de Novo Barreiro), que atualmente é diretor de mobilização e integração regional, que disse “junto com o deputado Edegar Pretto, levamos o pedido para o Governador participar desse importante ato. Desde a instalação, fomos contra esse modelo de pedágio, tentamos no governo Olívio e não foi possível acabar com a cobrança, em virtude do contrato com a concessionária.

O governador Tarso sempre lutou para terminar com o pedágio, pois segundo ele, esse modelo não servia para o Estado, e a prova está aqui. Há modelos de pedágio que funcionam, mas tem que ter contra partida, não simplesmente cobrar, não fazer nenhum trabalho de melhoramento, de ampliação das pistas e cobrar caro. Esse ato para nós é uma grande alegria.

O Governo do Estado recebe de volta os pedágios e repassa ao Governo Federal. Eles ficarão abertos por enquanto, o DNIT já licitou e a 386 será conservada pelo Governo Federal”, finalizou o diretor de mobilização e integração regional João Klein.

 

FONTE: REDAÇÃO ABCNOTÍCIAS

 

 

CONFIRA TAMBÉM: Governo do Estado reassume quatro polos de pedágio nesta segunda-feira