logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Conheça as novas soberanas da Chapadafest: rainha Bruna

SOBERANAS

 

No Schlussfest (festa de encerramento), as soberanas de 2013, passaram as faixas para a rainha Bruna Kintschner, 16 anos, filha de Sineide Kintschner e Gelson Kintschner, de Linha Zaina, que obteve 337,9 pontos; 1ª princesa, Letícia Andressa Zimmermann Bruchez, 17 anos, filha de Cristina Zimmerman Bruchez e Adair Aloísio Bruchez, de Santana, com 326 pontos; 2ª princesa Geisla Rupolo Puhl, 18 anos, filha de Marlene Rupolo Puhl e Ilson Puhl, de Bom Pastor, com 325,3 pontos.

O ABCNotícias realizou uma entrevista com elas para conhecer mais sobre cada soberana. Confira quem são a rainha Bruna Kintschner e as princesas Letícia Bruchez e Geisla Puhl.

 

RAINHA bRUNA

A rainha Bruna estuda no Instituto Estadual de Educação Júlia Billiart, no 3º ano do Ensino Médio Politécnico.

ABCN: Como foi para você a experiência de ser recepcionista?

Bruna: “Até o momento, foi a melhor experiência da minha vida, onde aprendi a ter paciência e ‘jogo de cintura’ para encarar algumas situações durante o evento e a divulgação nas cidades vizinhas. Também aprendi a trabalhar em equipe, aceitando sugestões e opiniões de diversas pessoas, para assim, melhorar cada vez mais o meu trabalho de recepção. Perdi o receio de chegar e falar com pessoas desconhecidas, mantendo a tranquilidade e a calma, tentando convencê-las de que realmente valia a pena conhecer nossa cidade e nossa festa. Em relação ao nosso vídeo, feito para uma maior avaliação da comunicação, ampliei meus conhecimentos sobre a história dos imigrantes alemães e italianos, da nossa Chapadafest, da cidade, bem como de suas belezas naturais”.

ABCN: Ao ser anunciada rainha, o que passou pela sua cabeça?

B: “Muita emoção no momento do anúncio, acredito que as lágrimas tenham falado por mim durante a coroação, e naquela situação só me passava pela cabeça a responsabilidade que estava carregando, e o quanto isso era importante para meu crescimento pessoal e social. Sabendo que, a partir de agora, teria muito trabalho pela frente e que eu deveria honrar a faixa e a coroa com muita determinação”.

ABCN: O que representa para você ser rainha da Chapadafest?

B: “Representa mais uma conquista alcançada, com muita dedicação e esforço. Mais um sonho realizado, o qual muito almejei. É um lugar aonde se tem a responsabilidade de desempenhar um papel importante para a população chapadense, papel este, de divulgação da nossa festa, que está nos seus 25 anos de história. É muito gratificante poder fazer parte desta caminhada e poder ajudar a engrandecê-la em mais uma edição”.

ABCN: Como pretende exercer o título de rainha da 25ª Chapadafest?

B: “Pretendo levar, com muita simpatia e responsabilidade, o nome da nossa Chapadafest, que é o ponto de referência da cidade. Sendo sempre humilde, sabendo escutar com atenção as críticas e não esquecendo de que por trás de todo o trabalho desempenhado, existem muitas pessoas que nos ajudam e que se dedicam arduamente para o sucesso da festa”.

Agradecimento: “quero agradecer primeiramente a Deus pelas oportunidades diárias, ajudando-me sempre a realizá-las com muita garra e fé. Também aos meus pais e familiares pelo apoio imensurável e pelo amor e paciência nos últimos dias, que foram bem corridos e difíceis. Agradecer de uma forma especial a toda a comissão, que sempre prestou auxílio e confiou em nosso trabalho, bem como as soberanas que foram nosso espelho durante todos os nossos encontros. Agradecer os profissionais que nos ajudaram, dando dicas, para melhorarmos cada vez mais nosso corpo, tanto fisicamente, quanto mentalmente, podendo demonstrar tudo que sabíamos, com mais calma e tranquilidade. Sem esquecer das oficinas de história e cultura que nos possibilitaram uma maior aprendizagem para expormos no nosso trabalho. E também, quero agradecer e deixar um abraço especial ao seu Ivo Urbano e a Dona Iria Richter, Otili Drecksler, Zemiro Barzotto e esposa, professoras Sandra Bays Stürmer, Odete Fink e Solange Barth, Carlos e Selmira Lampert, Egon Schuerman, Nelson Marazini e Iraci Mombeli, pelo auxilio prestado com dados relevantes colocados no meu vídeo, juntamente com os jurados que depositaram um voto de confiança, acreditando que sou capaz de desempenhar um bom trabalho como rainha. Sem esquecer de todos os amigos, conhecidos e população em geral que torceram por mim e me parabenizaram pela conquista. A todos, meu muito obrigado, de coração. Gostaria de deixar uma mensagem: ‘Ama-se mais o que se conquista com esforço’, Benjamin Disraeli”.

FONTE: REDAÇÃO JORNAL ABCNOTÍCIAS