logo fm91 logo 1500am whats-radio9

30 de janeiro é Dia do Quadrinho Nacional

passatempos turma da monica

A Turma da Mônica é líder no mercado de gibis

 

As histórias em quadrinhos começaram a aparecer no Brasil no século XIX. Mas antes de se apresentarem em tiras, assumiam forma de charges e caricaturas. No dia 30 de janeiro de 1869, o cartunista Angelo Agostini publicou a primeira história em quadrinhos brasileira, As aventuras de Nhô-Quim, ou Impressões de uma Viagem à Corte. E, a partir de 1984, a data passou a celebrar o Dia do Quadrinho Nacional.

O gênero, conhecido como 9ª arte, agrada crianças e adultos. Uma pesquisa realizada recentemente, com alunos de escolas públicas de São Paulo, apontou que as histórias em quadrinhos são o tipo de leitura preferido dos pequenos. E, ainda, ajudam os leitores a se aproximar de outros tipos de literatura.

No Brasil, a história em quadrinhos de mais sucesso é a Turma da Mônica. Criada por Mauricio de Sousa, em 1959, a produção abocanha 86% do mercado nacional. Fora daqui, a turma também tem sua participação: 40 países, com 14 idiomas, vendem seus gibis e outros produtos licenciados.

Outro cartunista que ajudou a difundir a 9ª arte no Brasil foi Ziraldo, pai do Menino Maluquinho e de mais dezenas de personagens. Em 1960, o desenhista lançou a primeira revista em quadrinhos brasileira feita por um só autor, A Turma do Pererê. A publicação trouxe outra novidade: foi a primeira história em quadrinhos a cores totalmente produzida no Brasil.

O Dia do Quadrinho Nacional terá diversas comemorações pelo Brasil. Belo Horizonte, Curitiba, Fortaleza, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo são algumas das cidades que organizaram atrações para este dia.  Neste ano, o ápice das comemorações acontece no próximo sábado (1º), com a premiação da 30º edição do Troféu Angelo Agostini, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

 

FONTE: AGÊNCIA BRASIL