logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Fase piloto do programa Saúde na Pele inicia no dia 24 de fevereiro

PROTETOR

 

A Secretaria da Saúde investiu R$ 2 milhões na aquisição de 300 mil bisnagas de bloqueador, com Fator de Proteção Solar 30, que serão distribuidos gratuitamente a cem mil trabalhadores rurais, da pesca e aquicultura do RS. Esta é um dos principais eixos do Programa Saúde na Pele, que em um estágio piloto, deverá contemplar 129 municípios.

O lançamento oficial ocorre no dia 24 de fevereiro, no município de Santa Cruz do Sul, com a presença do governador Tarso Genro. O programa Saúde na Pele é fruto de lei estadual nº 13.469, regulamentada em novembro de 2013, que dispõe sobre a prevenção e combate às doenças associadas à exposição solar dos referidos trabalhadores.

O Rio Grande do Sul, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Câncer (Inca), possui a maior incidência de câncer maligno da pele no Brasil, com 6.38 novos casos de melanoma para cada 100 mil habitantes por ano. Em 2012, foram registrados 199 óbitos por este tipo de câncer no Estado.

Cada agricultor cadastrado deverá receber uma média de três frascos do produto uma vez por ano. O cadastro, organizado pela SES, segue os seguintes critérios de preferência para o fornecimento do protetor solar: jovens entre 14 e 18 anos filhos de agricultores, pescadores ou aquicultores; adultos agricultores, pescadores ou aquicultores e a precedência do cadastro de beneficiário. Para validar o cadastro, o beneficiário deverá realizar a cada doze meses consulta médica.

A SES realizará ações educativas sobre as medidas e os cuidados para proteção à exposição solar, bem como divulgará material ao corpo médico do SUS para auxiliar na identificação de sinais característicos de câncer da pele. O filtro solar protege a pele contra o sol, mas não deve ser usado apenas em dias ensolarados, seu uso é indicado mesmo em dias frios, nublados ou chuvosos. Deve ser aplicado diariamente não só no rosto, mas em todas as áreas expostas do corpo, como mãos e braços, por exemplo.

 

FONTE: GOVERNO RS