logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Mariane Gutheil em Notícias &...

textossite

 

Gruda que nem chiclete

“Rá... rá... rá.... o lepo, lepo...” esse é o trecho da música que mais está sendo rodada nos últimos dias. Com certeza muitos a conhecem e mesmo não gostando, não conseguem tirá-la da cabeça. Antigamente as músicas contavam histórias, faziam referência a fatos importantes do contexto histórico. Hoje a maioria das canções baseia-se somente em um refrão que é repetido durante toda a música, que chama a atenção e cola nos ouvidos dos fãs e até mesmo de quem nem quer ouvi-las. De certa forma, pode se dizer que as músicas atuais falam do contexto, porém a sociedade mudou muito, está faltando conteúdo nas letras musicais. Entretanto, algumas músicas que possuem algum tipo de conteúdo são desprezadas por serem consideradas chatas e monótonas.

Hoje, o sucesso de uma canção se dá pela enfatização nas questões: sexo, bebida, festa e dinheiro, ou seja, assuntos que há anos atrás nem eram discutidos dentro de casa, que eram de certa maneira proibidos, mas que hoje se transformaram em hits.

A música Lepo Lepo é um bom exemplo, muitas crianças têm em seu celular, tablet, computador, etc, este hit, por mais que não saibam o que a letra diz, elas curtem, cantam e se divertem.

 

Copa do Mundo

O que será de nós brasileiros após a Copa do Mundo? O que restará? Com certeza muitos já tem a resposta para estas perguntas. O Governo está investindo para que a Copa do Mundo no Brasil seja um evento de grande sucesso, portanto está “solucionando, amenizando”, e por sua vez, tentando esconder alguns dos problemas do País para passar uma boa imagem aos visitantes.

No momento ainda não estamos sentindo as consequências que a Copa trará, por isso este é o momento de nós brasileiros aproveitarmos, já que somos nós que vamos pagar por todos os investimentos realizados, então que possamos também usufruir das melhorias e obras realizadas.

Se você pensa em realizar um grande investimento, um sonho antigo de ter uma casa, um carro ou qualquer outrem que necessite de algum tipo de investimento mais em conta, é bom que pense antecipadamente em qual momento irá adquirí-lo, pois este ainda pode ser o momento, após a Copa os preços, impostos, tributos e etc, terão um aumento significativo fazendo com que tenhamos mais dificuldades financeiras.

E após a Copa... os nossos bolsos que aguentem, pois a partir do ano que vem os impostos deverão subir exaustivamente até que cada um de nós tenha ajudado a pagar todos os investimentos realizados em virtude da Copa do Mundo.

 

E o que mais podemos esperar?

Nesta última semana novamente tomou conta dos noticiários a questão da fraude no leite. Mais uma vez o leite voltou a ser compensado com o objetivo do aumento dos lucros. Uma atitude como esta não afeta somente as pessoas diretamente ligadas aos seus mau feitores, mas também afeta terceiros. Quantos derivados deste produto tem no mercado? Quantos consumidores serão atingidos por este gesto que “parece” não ser tão grave? Pois aí está uma questão importante, esta atitude de um ou mais envolvidos pode comprometer a vida de inúmeras pessoas.

Se no momento em que nos encontramos atualmente já observamos este tipo de atitude então imagine do que mais o ser humano pode ser capaz para ter dinheiro? Será que os valores capitais são tão importantes, a ponto de comprometer a nossa vida e de outras pessoas também?

A maioria responderia que não, que o dinheiro não é a coisa mais importante, porém na primeira oportunidade que tem de ganhar um pouco mais, se joga com tudo e faz qualquer coisa para que isso aconteça. Às vezes precisamos pensar no que é mais importante para nossa vida. Se é o dinheiro ou a honestidade. Pense bem, pois o dinheiro pode comprar muitas coisas, mas jamais comprará a honestidade!

 

TEXTO PUBLICADO NO JORNAL ABCNOTÍCIAS DE 21 DE MARÇO DE 2014