logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Aniversário de hidrelétrica reúne representantes do Brasil e do Paraguai

itaipu01

 

A comemoração do aniversário de 40 anos da hidrelétrica de Itaipu reuniu brasileiros e paraguaios no Mirante Central da usina. A solenidade contou com show de Iluminação da Barragem e rodadas de discursos dos diretores da empresa, que destacaram o espírito de fraternidade que marca a gestão de Itaipu.

Do lado brasileiro representaram a diretoria o diretor-geral brasileiro, Jorge Samek, o diretor jurídico, Cezar Ziliotto, e o diretor de Coordenação, Nelton Friedrich.  Do lado paraguaio, estiveram presentes o diretor técnico, Sanchez Tilleria, e o diretor de Coordenação, Pedro Domaniniski. Samek e Domaniniski saudaram o público, a maioria empregados com diferentes anos de casa, além de convidados da comunidade.

Samek lembrou que o aniversário de Itaipu representa 40 anos de uma história que encantou e surpreendeu o mundo. “Brasileiros e paraguaios, unidos, fizeram o que parecia impossível: transformaram em realidade o projeto de uma usina que durante quase quatro décadas foi simplesmente a maior de todas. E que nos últimos permanece com o recorde mundial de geração de energia elétrica, graças a um projeto bem elaborado e à competência de sua gente”.

E concluiu: “A usina de Itaipu é um símbolo de integração e um exemplo de que a união entre os povos pode trazer progresso, paz e prosperidade”. O diretor paraguaio foi na mesma linha e saudou os brasileiros e paraguaios presentes na solenidade e destacou a binacionalidade da cerimônia.  A usina de Itaipu responde por 8% do Produto Interno Bruto do País e a venda ao Brasil da energia excedente da hidrelétrica é a segunda maior fonte de receita do país vizinho.

A programação dos 40 anos de Itaipu prossegue com atividades internas e externas até junho.  Na sexta-feira, 30 maio, está previsto o lançamento em Foz do Iguaçu do Relatório de Sustentabilidade IB 2013 e do livro “Biogás: A energia invisível”, do superintendente de Energias Renováveis de Itaipu, Cícero Bley Júnio. No 6 de junho o destaque será a abertura da exposição “Trabalhadores - Uma Arqueologia da Era Industrial”, do fotógrafo Sebastião Salgado, às 18 horas, no Ecomuseu de Itaipu. A mostra terá a presença do fotógrafo e da curadora e de Lélia W. Salgado.

 

FONTE: PORTAL BRASIL