logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Rádio Simpatia levantou questões importantes do INSS

PONTO DE VISTA INSS

 

Na manhã de sábado, 17 de maio, o Programa Ponto de Vista da Rádio Simpatia 1500 AM, trouxe um assunto relevante e que incita muitas dúvidas por parte da população. Adriano Mauss, chefe do setor de benefícios da Previdência Social de Carazinho respondeu questionamentos, referente ao INSS. Alguns assuntos que foram abordados: O tempo limite de contribuição para o homem é de 35 anos e para a mulher é de 30.

Licença maternidade: conta a partir do parto, a mãe recebe por 120 dias a partir do nascimento da criança.

Auxílio doença: para ter direito é preciso provar que está incapacitado para o trabalho; estar contribuindo, no mínimo por 12 meses para o INSS, anterior ao início da incapacidade.

Segurado especial: o módulo rural do município de Chapada é 16 hectares. O segurado especial é aquela pessoa que trabalha em regime de economia familiar em uma área menor que quatro módulos rurais, ou seja, 64 ha. Se o agricultor tiver menos de 64 ha em Chapada, pode ser considerado segurado especial, basta ter comprovação por bloco e trabalhar só em família, sem empregados.

Quem tem empregados, contribui mensalmente para a previdência, depende do quanto contribui, pois é feita uma média e sobre ela será pago o benefício. Não adianta só ter o bloco, se tem mais de 64 ha, é necessário contribuir, porque deixa de ser segurado especial.

O segurado especial quando completa 60 anos, precisa comprovar 15 anos de contribuição (com bloco de produtor, notas fiscais da produção ou qualquer outro documento que comprove que era agricultor no período) e não pode ter outra renda.

Quem tem bloco Modelo 15, em conjunto com pai e mãe, é solteira, mas não tem terra no nome e divide as atividades rurais (comprovado) e tiver 15 anos de bloco, aos 55 anos (mulher) e 60 anos (homem) pode se aposentar como segurado especial, se o familiar tiver menos de 64 ha.

Acidente de trabalho: se o acidente acontecer no exercício da atividade, a pessoa poderá se encostar sem a necessidade dos 12 meses, pois se configurar acidente de trabalho é isento da carência. O autônomo que estiver encostado não pode continuar pagando o carnê, só voltará a pagar após deixar de receber o benefício.

Dúvidas e informações pelos fones: 3330 2362 (com Adriano), 3330 2414 (com Josué) ou 3330 2407. Horário de atendimento do INSS: 8h às 18h sem fechar ao meio-dia. Para benefícios é preciso agendar antes pelo 135 (de segunda a sábado, das 7h às 22h) ou pelo site: www.previdencia.gov.br, no link Serviços ao Cidadão – Agendamento Eletrônico.

 

FONTE: REDAÇÃO ABCNOTÍCIAS