logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Segunda etapa do Pronatec terá foco na gestão

pronatec

 

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foi criado pelo Governo Federal em 2011, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica. Desde então, já são mais de 5,7 milhões de matrículas nos cursos oferecidos pelo programa. A maior parte das matrículas – 4 milhões – foram em cursos de qualificação profissional, com duração de até quatro meses. A expectativa do governo federal é chegar a 8 milhões de matrículas até o final de 2014.

Com um orçamento de R$ 14 bilhões para este ano, o programa retomou o investimento e a valorização do ensino técnico no País, por meio de parcerias, entre outras instituições, com as unidades de ensino dos serviços nacionais de aprendizagem (SENAI, SENAC, SENAR e SENAT), combinando a qualidade das escolas de ensino técnico e profissional com as necessidades do mercado de trabalho e as expectativas do público-alvo.

Outra boa notícia é que os cursos do Pronatec estão se espalhando pelo País. Em 2013, estavam presentes em 3.200 municípios e a previsão é atingir um total de 4.260 municípios ao final de 2014.

Esta capilaridade será essencial para que a segunda fase do programa, chamado Pronatec 2.0, atinja índices ainda mais positivos. Em vias de ser apresentado, o programa nesta segunda fase vai incluir cursos para melhorar a gestão de microempreendedores individuais e pequenos empresários e tornar-se uma política de estado, o que automaticamente significa receber mais atenção e verbas para investimento.

 

FONTE: PORTAL BRASIL