logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Fernandão estava em voo sem autorização

16606432

Pelo menos uma irregularidade no voo que matou Fernando Lúcio da Costa, o ex-jogador Fernandão, está apontada nas investigações realizadas pela Aeronáutica e Polícia Civil. Aruanã, o município goiano onde ocorreu o fatídicoacidente na madrugada do último dia 7, não tem heliponto (local de pouso de helicópteros) homologado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

As regras de navegação aeronáutica no Brasil estabelecem que, depois do pôr do sol, helicópteros como o que transportava o atleta (um Esquilo) têm de decolar e pousar em heliponto balizado (com iluminação) e homologado para voo noturno. Como os fatos comprovaram, a aeronave decolou de um acampamento de pesca na beira do Rio Araguaia, onde o ex-atacante do Inter visitava amigos antes de voltar para Goiânia. O aparelho, que pertencia ao ex-jogador, caiu numa das margens do rio, após decolar. O acidente aconteceu a cerca de 150 metros da praia, a 20 quilômetros da cidade.

Informações: Site Zero Hora