logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Chuva, Copa, Brasil - Rio Grande do Sul, por Mariane Gutheil

textossite copia

 

Publicado no ABCNotícias em 4.7.2014

Na semana passada vivenciamos alguns dias difíceis, sem sol, com chuva e umidade, porém, nada de grave conosco aconteceu, pelo menos não foram registradas perdas em nossa região. A chuva tomou conta, “São Pedro abriu as torneiras e definitivamente esqueceu de fechá-las”.

Até hoje, acho que nunca presenciei tantos dias seguidos de chuva, sem ver sequer a luz do sol. Mais de uma semana se passou, em várias regiões do Rio Grande do Sul e Santa Catarina inúmeros estragos foram registrados. Estradas, rodovias e pontes foram interditadas, casas foram alagadas e famílias ficaram desalojadas.

É impressionante o quanto aumentou o nível de água de alguns rios, arroios e outros. Às vezes reclamamos da falta da chuva, do calor do sol, de muitas coisas que temos, mas enquanto isso, nós temos o que necessitamos, reclamamos sem ter necessidade. Quando chove dois dias seguidos nos queixamos, mas o que as pessoas que perderam suas casas, móveis e pertences irão dizer?

Claro, ninguém gosta de tanta chuva, enjoa, atrapalha, mas por enquanto estamos bem, temos que agradecer por ter sido somente chuva. O tempo muitas vezes nos impressiona, e desta vez, novamente  mostrou o quanto a natureza é importante. Nós poluímos, desmatamos e não damos importância, mas todos esses fatores aliados darão nisso, a revolta de temperaturas, chuvas, sol.

De tanta poluição, a natureza está se perdendo e no verão faz frio e no inverno faz calor.

Mudando de assunto

No último sábado, iniciou a fase das oitavas de final da Copa do Mundo 2014, é a chamada fase de mata-mata. O Brasil venceu o Chile nas penalidades máximas e passou para a próxima fase, as quartas de final. Será que o nosso País está preparado para passar por mais esta etapa? Será que temos chance de alcançar o tão sonhado Hexa?

Você está fazendo a sua torcida? Agora precisamos cada vez mais  dar o nosso apoio para a Seleção do gaúcho Felipão. Júlio César destacou-se muito no último jogo, e assim como ele, outros goleiros de seleções adversárias também se destacaram.

Esta Copa pode ser considerada a copa dos goleiros, das defesas espetaculares. Em muitos dos jogos desta última etapa os goleiros salvaram as suas seleções, defendendo inúmeros gols. Os atacantes perderam a sua vez.

Mais alguns dias e nosso cotidiano volta ao normal, termina a Copa e voltamos a exercer as nossas atividades como antes da Copa. E então, somente daqui quatro anos poderemos ver novamente uma Copa do Mundo. Para muitos brasileiros ainda não caiu a ficha de que a Copa do Mundo está acontecendo no Brasil, muitos estão aproveitando o momento, porém outros nem se importam com isso. Mas entre tudo e todos, cada um tem o seu jeitinho brasileiro de torcer pela nossa Seleção Brasileira.

Falta pouco para o nosso país tornar-se campeão desta Copa e assim alcançar o tão sonhado Hexa. Então, vamos torcer, vibrar, gritar e ajudar a nossa seleção nessa importante conquista, que todos com certeza sentirão muito orgulho em ver a sua seleção, a seleção de seu País ser a campeã em uma Copa do Mundo.

E com certeza muitas crianças que nunca viram o Brasil ser campeão irão vibrar com muita emoção.

#vaiquedáBrasil