logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Notícias &... por Cassiane Dill

 

textossite copia copia copia

Você já percebeu como nos incomodamos por pouca coisa? Temos a mania de ficar reclamando de tudo, nada nunca está bom.

Alguns exemplos:

Dia sem chuva: Há épocas em que passamos quase um mês sem chuva. São dias de angústia e espera. A ansiedade de ver aquela gota d’água caindo e abençoando a terra é grande. Mas, nos basta apenas esperar.

Muitos dias de chuva: O povo comenta: 1 semana de sol é bom, mas 2 dias de chuva é um tédio. Passar 2 dias, correndo para cima e para baixo com guarda-chuva, ou mesmo de carro, é uma molhança total. Não há proteção suficiente para deixar as pessoas tranquilas.

Inverno: Há muita discussão quando o assunto é o inverno. Tem aqueles que amam essa estação do ano, mas também, há os que são contrários. Sair da cama quentinha, e enfrentar as paisagens brancas logo pela manhã, ou ter que passar as noites fora de casa, com aquele vento minuano batendo no lombo, realmente não são coisas assim tão maravilhosas. Mas poder sentar do lado do fogão a lenha ou da lareira, e comer pinhão na chapa, ou estar debaixo da coberta quentinha...Isso não tem preço.

Verão: Outra discussão acirrada. Roupas leves e coloridas é tudo de bom.... Não se preocupar com aquela penca de roupas, poder lavar tudo sem se preocupar em secar. Acordar com aquele céu azul, e poder abrir a janela e olhar o sol já alto é uma sensação gostosa e animadora. Mas, passar as tardes toda grudenta, cheia de protetor solar, acordar cansada, com aquela sensação de peso, e não conseguir dormir direito em decorrência do calor excessivo, é um saco.

Primavera: A estação das flores. Poder olhar para fora e ver o colorido das flores e frutos alegrando a paisagem, e aquele cheirinho de terra molhada logo pela manhã. Até parece que nossos pulmões funcionam melhor com o perfume das flores. Mas tem o outro lado: primavera é propícia para as alergias. A floração é um dos grandes inimigos para quem sofre de qualquer tipo de alergia.

Outono: A estação das folhas... A estação que antecede o inverno. As folhas começam a cair, se preparando para a transformação do quente para o frio. O vento já começa a se tornar mais forte e mais frio. Mas é aquela estação que você não sabe o que vestir: de manhã frio, de tarde quente, de noite frio de novo.... Haja paciência.

Pois é, são apenas alguns exemplos de como reclamamos de tudo o que acontece conosco.

Não temos o costume de acordar e agradecer por  ver a paisagem, sentir o aroma do ar, degustar o café da manhã, abrir o guarda-roupa e poder escolher a roupa para vestir, ter pernas para ir trabalhar, e ainda ter um trabalho e poder comprar o que precisar.

Há tantas coisas acontecendo, tanta maldade espalhada por esse mundo a fora, que somos privilegiados em viver num local pequeno, e sem passar necessidades.

Se o tempo não é aquele que queremos, nós podemos deixar ele melhor e mais alegre.

Às vezes, somos nós mesmos que deixamos o dia triste e pesado. Com certas atitudes podemos mudar ao nosso redor.

Dê um sorriso, mesmo que o dia seja de chuva; diga bom dia, mesmo que a temperatura seja negativa; dê um abraço no seu colega de trabalho, mesmo que o calor seja infernal; coma sua fruta preferida direto do pé, apesar das folhas da árvore já terem caído.

Enfim, torne o seu dia melhor, agradeça por estar vivo, e cultive o sorriso... esse sim, é a semente da felicidade.

Bom final de semana!

Publicado no Jornal ABCNotícias em 25.7.2014.