logo fm91 logo 1500am whats-radio9

'Enganação', por Eloy Milton Scheibe

Jeffe e Eloy

 

Confesso que não tenho me prendido muito em ouvir ou assistir ao horário eleitoral no rádio ou na TV. Preciso ser sincero, não acho a menor graça no que está sendo mostrado. Pela ótica que vejo a política, devo estar na contramão, tipo aquele cara que acha que a festa já terminou, pois dirigindo no sentido contrário dos demais, acha que a festa já terminou, pois todos estão voltando. Tenho a impressão que os candidatos fingem que falam a verdade e os eleitores fingem que acreditam. É uma verdadeira queda de braço.

Já ouvi vários candidatos dizer que se eleitos vão trabalhar para onerar mais o empregador em detrimento dos empregados, inclusive vi uma afirmação de determinado candidato que quer um Brasil sem patrão. Quero logo deixar bem claro que não sou contra a classe operária, muito pelo contrário, pois não existe desenvolvimento sem esta categoria em país nenhum. Mas tem um porém, não são claros o suficiente em suas pregações para declinarem como pretendem que isso aconteça. Se tomarmos os países mais avançados do mundo, a grande maioria trabalha exatamente para que haja harmonia entre o capital e o trabalho. Inclusive, basta comparar, para que percebamos facilmente, que nunca na história mundial foram produzidas tantas parcerias entre empresas e trabalhadores como atualmente.

Talvez nem queiram tanto atingir os empresários, que vão de micro a macro, mas fazer jogo demagógico por a classe trabalhadora ser maioria absoluta no universo de eleitores, logo é demagogia acima de tudo e tem interesse em levar dúvida ao eleitor, principalmente aos menos esclarecidos no intuito de obter votos. É muita falta de verdade nos horários eleitorais. O eleitor precisa sempre estar atento para filtrar e peneirar tudo que ouve para pelo menos depurar um pouco as propostas e afirmações.

O processo político no Brasil carece ainda de amadurecimento. Claro que nossa democracia ainda é jovem, mas convenhamos, é muita cara de pau por parte de alguns candidatos. Meu Deus, estou pasmo! E pior, essa ciranda ainda vai durar. E não acabará tão breve por vários indicativos e teremos ainda que suportar essa enganação por um bom tempo. E não pensem que me refiro aos candidatos de um ou outro partido ou coligação. Tem candidato que ao se barbear deve cair serragem.

Publicado no ABCNotícias do dia 19.9.2014