logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Ebola "está ganhando a corrida", alerta chefe de missão da ONU

thumb copia copia copia copia copia copia

A epidemia de Ebola está avançando rapidamente e "ganhando a corrida" contra as autoridades de Saúde, avaliou nesta terça-feira um alto funcionário da ONU, ao pedir uma série de medidas adicionais no combate à epidemia, incluindo o fornecimento de mais 2.700 leitos hospitalares. "Não podemos deixar que o ebola vença", ressaltou Anthony Banbury, chefe da missão da ONU para coordenar uma resposta de emergência contra a doença.

Ele lembrou as últimas previsões da OMS, segundo as quais haverá entre 5 mil e 10 mil novos casos de Ebola no oeste da África a partir de dezembro: "Isto significa que precisamos de 7 mil leitos em centros de tratamento, mas até agora só está previsto que tenhamos 4,3 mil", e sem as equipes necessárias para administrá-los.

Além dos leitos que faltam, Banbury fez uma lista de elementos indispensáveis para controlar a doença, como 16 laboratórios de diagnóstico, 450 equipamentos para tratar as vítimas, mil veículos e roupas de proteção. "Precisamos de mais funcionário de saúde formados, meios logísticos e de transporte, telefones celulares e geradores", detalhou. "Isso significa mais dinheiro", acrescentou, em videoconferência em Acra, capital de Gana, onde a missão tem seu quartel-general.

Desde o início do ano, a epidemia matou 4.447 pessoas de um total de 8.914 casos registrados. A ONU admitiu na sexta-feira passada que até agora só conseguiu coletar 25% de US$ 1 bilhão que pediu para financiar a luta contra o ebola durante seis meses.

Fonte: site Correio do Povo