logo fm91 logo 1500am whats-radio9

SAÚDE & BEM-ESTAR / Após os 50 anos, 1 em cada 6 homens terá câncer de próstata

455012289

 

Na década de 70, se você fosse diagnosticado com câncer de próstata, as chances da doença ter atingido um nível avançado, praticamente sem possibilidade de tratamento era enorme. Hoje, não existe mais motivo para fugir desse assunto como o diabo foge da cruz. Pelo contrário, ações como o Movember incentivam a população masculina a conversar e se informar mais sobre sua saúde.

O que todo homem precisa saber sobre o câncer de próstata:

Fique atento

O câncer de próstata surgirá em até 16% dos homens. É um numero muito elevado. Após os 50 anos 1 a cada 6 homens terá a doença.

Quem corre mais risco

Os fatores de risco ainda não são bem compreendidos pela comunidade médica. O que se sabe é:

- populações orientais apresentam incidência menor do que os ocidentais;
- homens que possuem familiares com câncer de próstata tem chance elevada de apresentar a doença (o risco chega a ser 5 vezes maior para pessoas com até 3 familiares com câncer de próstata);
- homens que possuem mulheres na família com câncer de mama também apresentam maior probabilidade de ter câncer de próstata.

Quando investigar

Os exames periódicos devem ser iniciados entre os 45 e 50 anos para homens sem fatores de risco e a partir dos 40 anos para homens com esses fatores. Não existe, ainda, exames de prevenção que sejam capazes de garantir 100% de eficácia. Portanto, os exames periódicos são indispensáveis. 

O exame de toque retal ainda é necessário

Sim, você ainda deve fazer esse exame. Ele faz parte de uma avaliação urológica bem realizada e não diagnostica apenas câncer de próstata. Assim, ele deve continuar sendo executado de forma regular durante as avaliações. O exame da próstata, ao contrário do que muitos imaginam, é muito pouco incômodo e extremamente rápido. 

Informações: G1