logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Aumento da velocidade da internet

16920679

As operadoras de internet são obrigadas, desde sábado, a garantir, em média, 80% da velocidade contratada mensalmente pelo usuário. A meta faz parte de um cronograma estabelecido há dois anos pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para aumentar gradualmente os limites mínimos de velocidade de banda larga fixa e móvel oferecidos aos clientes.

Pelas metas dos regulamentos da Anatel, a velocidade instantânea (velocidade de upload e download apurada no momento de utilização da internet pelo usuário) deve ser de, no mínimo, 40% do contratado. 

Em outras palavras, na contratação de um plano de 10 Mbps, a média mensal de velocidade deve ser de, no mínimo, 8 Mbps. A velocidade instantânea – aquela aferida pontualmente em uma medição – deve ser de, no mínimo, 40% do contratado, ou seja, 4 Mbps. 

Mas e o que acontece caso a agência encontre operadoras entregando menos velocidade do que a legislação prevê? No caso de descumprimento dos limites mínimos de velocidade, ou de outros indicadores mais técnicos, a Anatel inicia um processo administrativo para punir a operadora. A punição, na grande maioria das vezes, é multa, que pode chegar a R$ 50 milhões para grandes prestadoras.

Informações: ZH