logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Para salvar filhas, pai morre afogado em açude

17029035

O último sábado era para ser um dia de descanso e lazer, mas acabou em tristeza para a família Deick. Depois de uma semana de serviço duro na lida com o gado, o trabalhador rural João Severino da Rosa Deick, 47 anos, pretendia aproveitar o final de semana de folga com as duas filhas caçulas _ uma criança de 10 e uma adolescente de 13 anos _ que foram visitá-lo. Mas acabou morrendo afogado depois de salvar a vida das duas meninas.

Há cerca de dois meses, Deick conseguiu o emprego em uma propriedade rural na localidade de Coxilha de São José, no interior de Caçapava do Sul, e foi morar em uma casa perto da sede da fazenda. De 15 em 15 dias, as irmãs iam passar o final de semana com o pai, que era separado da mãe.

Diante do dia de sol forte e calor intenso, pai e filhas decidiram tomar banho em um açude da propriedade para se refrescar depois do almoço. Segundo a adolescente, eles foram de trator até o local, que fica afastado da casa e passa por um mato. Ao chegar ao açude, os três entraram na água juntos de mãos dadas.

As irmãs não sabiam nadar, e o pai as conduzia pela mão. Em determinado ponto, o trio caiu em um buraco, e as meninas começaram a se afogar. O pai conseguiu empurrar a mais nova para fora do buraco e depois impulsionou a mais velha. Ele conseguiu salvar as duas, mas não sobreviveu.

Cerca de uma hora depois, as irmãs conseguiram chegar em um casa que também tinha um açude e onde umas pessoas tomavam banho. Elas pediram ajuda, e os rapazes foram tentar resgatar Deick. Mas ele já estava morto.

A Brigada Militar foi acionada. O corpo foi encaminhado à necropsia no Posto Médico-Legal em Cachoeira do Sul. Deick foi sepultado na tarde deste domingo em Varzinha, no interior de Caçapava, em túmulo particular da família.

Fonte: ZH