logo fm91 logo 1500am whats-radio9

SAÚDE & BEM-ESTAR – Beber refrigerante pode diminuir 4,6 anos de vida

13188945

Entre 1999 e 2002, mais de cinco mil pessoas foram entrevistadas e tiveram o sangue analisado por pesquisadores dos Estados Unidos. Eles tinham entre 20 e 65 anos e nenhuma doença. Neste ano, os pesquisadores analisaram o sangue dos mesmos entrevistados e o resultado foi surpreendente: 21% dos adultos beberam, ao longo desses anos, uma lata ou mais de refrigerante. Mais do que causar diabetes e aumento de peso, o consumo diário de refrigerante causou mudanças nos cromossomos dessas pessoas.

Os pesquisadores calcularam que cada ano de consumo diário da bebida significa menos 4,6 anos de vida. A alteração genética causada pelo refrigerante faz com que, além de diabetes e doenças cardiovasculares, problemas renais apareçam na vida dos consumidores antes mesmo de chegar à terceira idade.

Um estudo britânico de 2010 feito com ratos mostrou que os animais morriam cinco semanas mais cedo que que os habituais quando ingeriam muito fosfato. Essa substância está bastante presente em diferentes tipos da bebida, inclusive aquelas conhecidas como “zero açúcar”. Além disso, ácido fosfórico em excesso faz com que a pele e os músculos murchem porque eles fazem o organismo desidratar.

A tarefa parece simples, mas não deve ser, afinal por ano mais de dois mil brasileiros morreram por complicações relacionadas a doença à obesidade.

Fonte: ZH