logo fm91 logo 1500am whats-radio9

IMPRUDÊNCIA de motoristas deixa muitas vidas em risco

SemanaNacionalTransito

 

    Muitos motoristas e pedestres não seguem as leis, o que pode provocar a ocorrência de vários acidentes de trânsito. Os dados estatísticos mostram índices preocupantes.

    Para as pessoas se conscientizarem desse perigo, o Brasil sempre elabora campanhas para a educação no trânsito, que chamam a atenção para a necessidade de respeitar a faixa de pedestres, usar cinto de segurança, não dirigir alcoolizado, utilizar cadeirinha para crianças no carro, etc.

    A educação no trânsito não se limita apenas a ensinar regras de circulação, mas também deve contribuir para formar cidadãos responsáveis, autônomos, comprometidos com a preservação da vida.

  No cotidiano, o cidadão assume diversos  papéis,  em diferentes  momentos: pedestre, passageiro, condutor.  Deve-se agir cooperativamente em cada uma destas situações. Uma atenção a mais ou gentileza podem desarmar a irritação do outro.

  Em todos os levantamentos realizados, o fator humano (humano-condutor, humano-pedestre) tem uma participação significativa como agente causador dos acidentes. O álcool e as demais drogas causam reações que modificam o comportamento das pessoas, comprometendo a sua atenção e retardando seus reflexos e sua capacidade de raciocínio.

   Observam-se ainda dois hábitos extremamente comuns e perigosos: falar ou digitar mensagens no celular e se maquiar ao volante.

    Também é importante realizar exames médicos periodicamente. Suas condições de visão, audição e reflexos são importantes para a sua segurança e a de terceiros.

 

Faça uso da direção defensiva

Direção defensiva é dirigir com objetivos de prevenir acidentes, atento às ações de outros motoristas  e das possíveis  condições  adversas  de pista e de tempo.

 

INFORMAÇÕES: ICETRAN