logo fm91 logo 1500am whats-radio9

ESTADO GRAVE - RS deve pelo menos R$ 371 milhões a prefeituras e hospitais para saúde

saude

 

    Sob crise financeira, o governo estadual acumula pelo menos R$ 371 milhões em dívidas a serem pagas a hospitais e municípios por programas desenvolvidos na área da saúde. Os débitos, que tiveram início na gestão anterior, de Tarso Genro (PT), foram renegociados e vêm sendo quitados, mas sofrem atrasos no cumprimento das parcelas. Segundo a Federação das Associações de Municípios (Famurs), as pendências levam as prefeituras a usar recursos próprios para manter serviços essenciais.

    No momento, segundo cálculo da Famurs com base em relatório da Secretaria Estadual da Saúde (SES), a dívida soma cerca de R$ 277 milhões. Para quitá-la, o Piratini se comprometeu a regularizar os repasses mensais e honrar os valores antigos em 24 prestações até o final do ano que vem. Mas, segundo o assessor técnico da Famurs para a área da saúde, Paulo Azeredo, seguem ocorrendo atrasos.

    INFORMAÇÕES: ZH