logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Tragédia da boate Kiss: TJ decide nesta quarta-feira se acusados irão a júri

Depois de completar quatro anos sem nenhum acusado cumprindo pena, a tragédia da boate Kiss, em Santa Maria, terá novo desdobramento jurídico nesta quarta-feira. Ao longo da tarde, a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado (TJ) decidirá se os quatro réus do processo principal que apura as responsabilidades do caso irão ao Tribunal do Júri.

Aberta ao público, a nova sessão terá início às 14h na sala 715 do TJ, no centro de Porto Alegre (Av. Borges de Medeiros, nº 1.565), com a participação dos desembargadores Sylvio Baptista Neto, presidente da Câmara, Manuel José Martinez Lucas, relator do caso, e Jayme Weingartner Neto. O recurso é o 12º item da pauta, mas a tendência é de que seja julgado primeiro, por se tratar de um caso especial.

A possibilidade de protestos preocupa o TJ. De acordo com o presidente do Conselho de Comunicação do órgão, Túlio Martins, a segurança será reforçada para evitar problemas.

Os quatro acusados respondem em liberdade por mais de 800 crimes: 242 mortes e 636 tentativas de homicídio.

INFORMAÇÕES: ZH