logo fm91 logo 1500am whats-radio9

DML de Caxias abrirá procedimento interno para apurar troca de corpos

CORPOS

 

O perito chefe do Departamento Médico Legal (DML), Airton Kraemer, diz que uma sindicância será aberta a partir de segunda-feira para investigar a troca dos corpos de Laudenir de Oliveira Gomes, 25 anos, e Valdir Dalegrave, 62. Gomes seria velado em Jaquirana e Valdir sepultado em Caxias do Sul, neste final de semana. A família só percebeu que havia recebido o corpo do idoso, na madrugada deste sábado, depois de sentir um mau cheiro forte e desconfiar da estrutura do caixão, que parecia prestes a romper.

"A princípio o que sabemos é que no momento da entrega é que houve o erro. O corpo que deveria ter ido para Jaquirana acabou ficando aqui, e a funerária levou o corpo errado (de Valdir Dalegrave). O que nós sabemos é que tínhamos os corpos juntos no PML (Posto Médico Legal), mas não foram entregues simultaneamente", explica Airton.

O idoso seria sepultado na manhã de ontem, porém, a funerária responsável, que só soube da troca dos corpos durante o domingo, disse que recebeu a justificativa de um equívoco na assinatura de um médico legista e, então, cancelou o trâmite. O corpo, inclusive, segundo o diretor do Grupo L. Formolo, Mateus Formolo, nem havia sido retirado do DML.

INFORMAÇÕES: GAÚCHA