logo fm91 logo 1500am whats-radio9

SÃO LEOPOLDO - Polícia já tem suspeito de executar jovem por engano dentro de hospital

sao leopoldo copy

 

A Delegacia de Homicídios de São Leopoldo trabalha para identificar quem são os suspeitos do ataque que resultou na morte do jovem Gabriel Vilas Boas Minossi, 19 anos, na madrugada desta sexta-feira (9), no Hospital Centenário, em São Leopoldo.

De acordo com o delegado Alexandre Quintão, titular da delegacia, um dos suspeitos já foi identificado com ajuda das câmeras de segurança do local.

— O real alvo do grupo teria sofrido uma tentativa de homicídio na quarta-feira (7) e estava internado no hospital. Ele tem duas passagens em sua ficha criminal por homicídio e saiu do sistema prisional no dia 17 de outubro. 

Em entrevista ao Timeline Gaúcha, o pai da vítima informou que o homem egresso do sistema prisional, identificado como Alex Junior Abreu Tubiana, 28 anos, chegou a ficar no mesmo leito do seu filho, mas foi transferido para outro local. Ele teria recebido ameaças de morte, que foram comunicadas por seu advogado ao Hospital Centenário. A unidade de saúde havia encaminhando ofício solicitando reforço da Brigada Militar.

De acordo com a polícia, 29 tiros foram disparados dentro do quarto. Outras duas pessoas que estavam no local ficaram feridas na perna. As vítimas são outro paciente e sua madrinha, que o acompanhava. Os dois passam bem.

FONTE: GAÚCHA ZH