logo fm91 logo 1500am whats-radio9

Luan fica fora de treino do Grêmio e deve ser desfalque contra o São Paulo; veja a provável escalação

GREMIO copy

Luan deve seguir como desfalque do Grêmio contra o São Paulo. Depois de dar esperanças e participar de parte do treino de ontem, o atacante foi ausência novamente no trabalho desta terça-feira, no CT Luiz Carvalho, e deve ser desfalque para o jogo de quinta-feira, às 19h, no Morumbi. Além do camisa 7, também não treinaram Geromel e Léo Moura. Leonardo e Jael fizeram apenas atividades físicas no gramado.

O atacante permaneceu no vestiário. Luan participou da primeira parte do coletivo de ontem, mas saiu na metade do trabalho. Na semana passada, ainda fazia tratamento com balde de gelo no pé direito, por conta da fascite plantar sofrida há quase um mês, na derrota para o Palmeiras. Assim, como só resta o treino da véspera do jogo, com viagem a São Paulo imediatamente, deve seguir como baixa em mais uma partida.

Baixas no treino, Geromel e Léo Moura integram o grupo de atletas acima dos 30 anos e recebem cuidados especiais na recuperação entre uma partida e outra, especialmente em sequência consecutiva. A princípio, não serão problema para o duelo de quinta. Jael apenas correu no gramado, mas afirmou não ter dores.

Já Leonardo ainda se recupera de desconforto muscular e deve seguir de fora. Se Léo Moura não tiver condições físicas, a opção para a lateral é Madson. Na defesa, o problema é maior, pela ausência de Kannemann, convocado para a Argentina. Bressan é a opção, mas como Renato afirmou que ele não iria mais escalar o defensor na reta final do ano por conta das críticas na eliminação da Libertadores, Marcelo Oliveira e Michel, improvisados, aparecem como alternativas.

Renato comandou e acompanhou de perto uma atividade em campo reduzido, de três equipes. Um dos destaques foi o jovem Jean Pyerre, bem cotado pela torcida e titular na vitória sobre o Atlético-MG, na rodada anterior ao 2 a 1 sobre o Vasco. André também apareceu bem.

O Grêmio fará uma atividade rápida na manhã de quarta antes da viagem para São Paulo. A partida é considerada uma decisão na briga pelo G-4. O Tricolor tem 58 pontos, mesmo número do adversário, mas está em quarto por ter mais vitórias.

FONTE: GLOBO ESPORTE